1 Educação em Revista 2010 Vol: 26(2):. DOI: 10.1590/S0102-46982010000200010

Infância, raça e "paparicação"

Currently the field of discussions on ethnic-racial relationship is expanding into a political-educational space that contributes to dismantle a strong discursive field that became hegemonic as truth and stated the existence of a racial democracy. This article is the result of a qualitative research developed at an infant school during a school term with daily visits. The data collection was performed using the following resources: observation, preparation of a field diary and interviews with professionals of the nursery school. The objective was to analyze the educational practices that occur in the nursery schools, verifying the ways in which these practices produce and reveal a racial issue. This research is subsidy for the questioning of racial relationship in Brazil since the early stages of child education aimed at coping with teaching practices of homogeneity and racism.

Mentions
Altmetric
References
  1. AFONSO, L. Gênero e processo de socialização em creches comunitárias. Cadernos de Pesquisa, n. 93. p , 12-21 (1995) .
  2. ARIÈS, P. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan , (1981) .
  3. CAVALLEIRO, E. dos S. Do silêncio do lar ao silêncio escolar: racismo, preconceito e discriminação na educação infantil. São Paulo: Contexto , (2000) .
  4. FOUCAULT, M. Vigiar e Punir: história da violência nas prisões. Petrópolis: Vozes , (1987) .
  5. FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes , (2005) .
  6. GUIMARÃES, A. S. A. Classes, raça e democracia. São Paulo: Editora 34 , (2002) .
  7. HASENBALG, C. A. Desigualdades sociais e oportunidade educacional: a produção do fracasso. Cadernos de Pesquisa, n.63. p , 24-26 (1987) .
  8. HASENBALG, C. A. & SILVA, N. do V. Raça e oportunidades educacionais no Brasil. In: Cadernos de Pesquisa, n.73. p , 5-12 (1987) .
  9. JÓDAR, F.; GÓMEZ L. Devir-criança: experimentar e explorar outra educação. Revista Educação & Realidade: Dossiê Gilles Deleuze. Porto Alegre. v.27. n. 2. p , 31-46 (2002) .
  10. KAPPEL, M. D. B.; CARVALHO, M. C.; KRAMER, S. Perfil das crianças de 0 a 6 anos que freqüentam creches, pré-escolas e escolas: uma análise dos resultados da Pesquisa sobre Padrões de Vida/IBGE. Revista Brasileira de Educação, n. 16 , 35-47 (2001) .
  11. KATZ, C. S. Crianceria: "o que é ser criança". Cadernos de Subjetividade. Núcleos de Estudos e Pesquisas da Subjetividade do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica da PUC São Paulo: Número Especial , 90-96 (1996) .
  12. PELBART, Peter. P. Literatura e Loucura. In: PELBART, Peter. A Vertigem por um fio. São Paulo: Iluminuras , (2000) .
  13. ROSEMBERG, F. Relações raciais e rendimento escolar. Cadernos de Pesquisa, n. 63. p , 19-23 (1987) .
  14. ROSEMBERG, F. Raça e educação inicial. Cadernos de Pesquisa, n. 77. p , 25-34 (1991) .
  15. ROSEMBERG, F. Dilemas da educação infantil brasileira contemporânea. Palestra apresentada no 14ºCongresso Brasileiro de Educação Infantil, 10 a 13 de julho, Campo Grande. p. (texto digitalizado) , 1-10 (2002) .
  16. SILVÉRIO, Valter R.; SOUZA, Karina A. A socialização e a identidade: a escola e o dilema étnico-racial. ABRAMOWICZ, A; GOMES, N. L. Raça: perspectivas políticas, pedagógicas e estéticas. Belo Horizonte: Autentica. (No prelo) , .
  17. SOUZA, Y. C. de. Crianças negras: deixei meu coração embaixo da carteira. Porto Alegre: Mediação , (2002) .
Expand