1 2013 Vol: 60(1). DOI: 10.1590/S0034-737X2013000100011

Substratos alternativos e métodos de quebra de dormência para produção de mudas de canafístula

This study aimed to evaluate the effect of different methods to break dormancy and the use of sugarcane bagasse in the composition of alternative substrates made from a mixture of commercial substrate, in canafistula (Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert) seedling production The experiment was carried out in randomized blocks in a 4 x 5factorial design, with five substrates, Bioplant®; 75% Bioplant® + 25% sugarcane bagasse (75B+25BC); 50% Bioplant® + 50% sugarcane bagasse (50B+50BC); 25% Bioplant® + 75% sugarcane bagasse (25B+75BC), sugar cane bagasse (100%) and four methods of breaking dormancy (control, scarification with sandpaper, immersion in hot water and scarification with sulfuric acid) with three replications. The emergence index (IVE), mean emergence time (TME), emergence percentage, shoot height, diameter of the collar; shoot dry weight, root dry weight, total dry weight, the shoot height:diameter of the colla ratio and shoot height:shoot dry weight ratio; Dickson quality index, absolute growth rate and relative growth rate. The treatments of immersion in hot water and sulfuric acid scarification were responsible for the highest percentages of emergence and IVE, and the lowest TME. The use of sugarcane bagasse proved to be technically feasible in the composition of substrates 75B+25BC and 50B+50BC, where they, along with the Bioplant®, provided the highest growth rates and quality score for canafistula seedlings.

Mentions
Figures
Figure 1 Figure 2 Figure 3
Altmetric
References
  1. Alves EU, Guedes RS, Gonçalves EP, Viana JS, Santos SS & Moura MF de Effect of temperature and substrate on germination of Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert seeds. Acta Scientiarum. Biological Sciences 33, 113-118 (2011) .
  2. Azeredo GA, Paula RC, Valeri SV & Moro FL Superação de dormência de sementes de (Piptadenia moniliformis Benth). Revista Brasileira de Sementes 32, 49-58 (2010) .
  3. Benincasa MMP Análise de crescimento de plantas: noções básicas. Jaboticabal, FUNEP. 41p , (2003) .
  4. Brancalion PHS, Mondo VHV & Novembre ADLC Escarificação química para a superação da dormência de sementes de saguaraji-vermelho (Colubrina glandulosa Perk. - Rhamnaceae). Revista Árvore 35, 119-124 (2011) .
  5. Carvalho RIN & Carvalho DB Germinação de sementes de um ecótipo de paspalum da região de Guarapuava - PR. Semina: Ciências Agrárias 30, 1187-1194 (2009) .
  6. Cunha AO, Andrade LA, Bruno RLA, Silva JAL & Souza VC Efeitos de substratos e das dimensões dos recipientes na qualidade das mudas de Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex D.C.) Standl. Revista Árvore 29, 507-516 (2005) .
  7. Dantas BF, Lopes AP, Silva FFS, Lúcio AA, Batista PF, Pires MMML & Aragão CA Taxas de crescimento de mudas de catingueira submetidas a diferentes substratos e sombreamentos. Revista Árvore 33, 413-423 (2009) .
  8. Dickson A, Leaf AL & Hosner JF Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle 36, 10-13 (1960) .
  9. Dutra TR, Massad MD & Santana RC Parâmetros fisiológicos de mudas de copaíba sob diferentes substratos e condições de sombreamento. Ciência Rural 42, 1212-1218 (2012) .
  10. Freitas TAS, Barroso DG, Carneiro JGA, Penchel RM & Figueiredo FAMM Mudas de eucalipto produzidas a partir de miniestacas em diferentes recipientes e substratos. Revista Árvore 30, 519-528 (2006) .
  11. Gomes JM Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis, produzidas em diferentes tamanhos de tubete e de dosagens de N-P-K. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 126p , (2001) .
  12. Gomes JM, Couto L, Leite HG, Xavier A & Garcia SLR Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis. Revista Árvore 26, 655-664 (2002) .
  13. Gomes JM, Couto L, Leite HG, Xavier A & Garcia SLR Crescimento de mudas de Eucalyptus grandis em diferentes tamanhos de tubetes e fertilização N-P-K. Revista Árvore 27, 113-127 (2003) .
  14. Hunt R Plant growth curves: The functional approach to plant growth analysis. London, Edward Arnold. 247p , (1982) .
  15. Lorenzi H Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa, Plantarum. 368p , (2002) .
  16. Martins CC, Machado CG & Nakagawa J Temperatura e substrato para o teste de germinação de sementes de barbatimão ((Stryphnodendron adstringens (Mart.) Coville (Leguminosae)). Revista Árvore 32, 633-639 (2008) .
  17. Muniz MFB, Silva LM & Blume E Influência da assepsia e do substrato na qualidade de sementes e mudas de espécies florestais. Revista Brasileira de Sementes 29, 140-146 (2007) .
  18. Oliveira AB & Medeiros Filho S Influência de tratamentos pré-germinativos, temperatura e luminosidade na germinação de sementes de leucena, cv. Cunningham. Revista Brasileira de Ciências Agrárias 2, 268-274 (2007) .
  19. Oliveira LM, Davide AC & Carvalho MLM Avaliação de Métodos para Quebra de Dormência e para Desinfestação de Sementes de Canafístula (Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert. Revista Árvore 27, 597-603 (2003) .
  20. Pacheco MV & Matos VP Método para superação de dormência tegumentar em sementes de Apeiba tibourbou Aubl. Revista Brasileira de Ciências Agrárias 4, 62-66 (2009) .
  21. Piroli EL, Custódio CC, Rocha MRV & Udenal JL Germinação de sementes de canafístula Peltophorum dubium (Spreng.) Taub. tratadas para superação da dormência. Colloquium Agrariae 1, 13-18 (2005) .
  22. Salerno AR, Shallengerger TCH & Stuker H Quebra de dormência em sementes de canafístula. Agropecuária Catarinense 9, 09-11 (1996) .
  23. Scalon SPQ, Mussury RM, Wathier F, Gomes AA, Silva KA, Pierezan L & Scalon Filho H Armazenamento, germinação de sementes e crescimento inicial de mudas de Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. Acta Scientiarum. Biological 27, 107-112 (2005) .
  24. Serrano LAL, Marinho CS, Carvalho AJC & Monnerat PH Efeito de sistemas de produção e doses de adubo de liberação lenta no estado nutricional de porta-enxerto cítrico. Revista Brasileira de Fruticultura 26, 524-528 (2004) .
  25. Serrano LAL, Silva CMM, Ogliari J, Carvalho AJC, Marinho CS & Detmann E Utilização de substrato composto por resíduos da agroindústria canavieira para produção de mudas de maracujazeiro-amarelo. Revista Brasileira de Fruticultura 28, 487-491 (2006) .
  26. Simões D, Silva RBG & Silva MR Composição do substrato sobre o desenvolvimento, qualidade e custo de produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden × Eucalyptus urophylla S. T. Blake. Ciência Florestal 22, 91-100 (2012) .
  27. Souza CAM, Oliveira RB, Martins Filho S & Lima JSS Crescimento em campo de espécies florestais em diferentes condições de adubações. Ciência Florestal 16, 243-249 (2006) .
  28. Statsoft Inc. STATISTICA - Data analysis software system. Version 8.0. Disponível em: <Link Acessado em: 12 de março 2010 , (2007) .
  29. Vasconcelos JM, Cardoso TV, Sales JF, Silva FG, Vasconcelos Filho SC & Santana JG Métodos de superação de dormência em sementes de croada (Mouriri elliptica Mart). Ciência e Agrotecnologia 34, 1199-1204 (2010) .
Expand